Search

Autorresponsabilidade

Quando você passa por uma experiência desafiadora na sua vida, qual a sua postura?

  1. Tende a culpar os outros, as circunstâncias ou a vida.

  2. Tende a culpar a si mesmo pelo que te aconteceu


Nas duas posturas percebemos as extremidades, e ambas não nos trazem saúde emocional.

Culpar o outro pelo que nos acontece é o mesmo que dizer que:

“Não tenho responsabilidade e sou vítima do que me aconteceu, não há nada o que fazer, a não ser chorar.”

Culpar a si mesmo é carregar um peso maior do que a sua bagagem emocional pode suportar, é dizer a si mesmo:

“Não tenho valor, sou a pior das pessoas do mundo”

Essas posturas diante da vida nos tiram o nosso Poder Pessoal, o de nos transformamos diante das experiências da vida.


Elas nos paralisam e nos deixam presos a situação vivida.

Até que possamos olhar para ela, assumir nossa PARCELA de responsabilidade, enxergar o aprendizado que essa experiência nos traz e seguir evoluindo.


Autorresponsabilidade é se colocar no papel de PROTAGONISTA da própria história.

É tomar a vida em nossas próprias mãos.

É ter a consciência de que somos os únicos responsáveis pela vida que levamos.

O lugar em que estamos, a forma como vivemos, os frutos que temos colhido são consequências de nossas escolhas.


Autorresponsabilidade é assumir a PARCELA que nos cabe em cada situação que vivemos, em cada experiência da vida, em cada relacionamento.

É perceber nossa contribuição para que as situações ocorram.

É tomar posse de quem somos: Seres singulares e de Possibilidades.

É nos transformar no agente de nossas mudanças.


Para desenvolver a postura de autorresponsabilidade diante da vida é preciso se conhecer e desenvolver a sua maturidade emocional.


Sugiro que você comece fazendo uma autorreflexão e uma auto-observação sobre qual é a sua postura diante da vida?


Anote, escreva! A escrita pode ser terapêutica.

Fez sentido pra você? Me conte aqui nos comentários.

0 views0 comments